Fazer Cadastro Nota Paraná

No artigo de hoje vamos falar sobre como Fazer cadastro Nota Paraná, no nosso guia completo.

O Estado do Paraná lançou o programa Nota Paraná, com o objetivo de incentivar os consumidores a exigirem a entrega do documento fiscal nos estabelecimentos comerciais. O Estado devolverá 30% do ICMS efetivamente recolhido pelo estabelecimento aos consumidores.

Tanto pessoas físicas como pessoas jurídicas podem se cadastrar no Programa Nota Paraná.

Para Pessoas Físicas, o CPF deve estar em situação cadastral regular no Cadastro de Pessoas Físicas do Ministério da Fazenda.

Já em relação a Pessoas Jurídicas, é permitido realizar o cadastro e participar do Programa, Entidades sem fins lucrativos, voltadas à Assistência Social, a cultura, a saúde e entre outras.

E, para quem for MEI, por lei não há nenhuma obrigação de fazer emissão de Nota Fiscal.

Fazer Cadastro Nota Paraná

Fazer Cadastro Nota Paraná
Fazer Cadastro Nota Paraná

Para fazer cadastro nota Paraná, o consumidor deve acessar o site do Programa Nota Paraná e seguir o passo a passo.

Confira o nosso guia completo!

1. Acesse o site do programa

O cadastro é feito de maneira online, pela Internet. Para isso, você precisa entrar no site oficial do programa e clicar na opção “Cadastre-se”.

2. Preencha o formulário

Em seguida, você deve preencher um formulário no qual vai precisar das seguintes informações:

  • CPF
  • Nome Completo
  • Data de Nascimento
  • Nome da Mãe
  • CEP do endereço
  • E-mail

Caso o CEP não esteja cadastrado na Receita Federal, basta atualizar no site da própria Receita. Então, espere 24 horas e tente fazer o cadastro novamente.

3. Crie uma senha

Após esse processo, basta criar uma senha. E pronto, seu cadastro foi feito!

4. CPF na Nota Paraná

Agora, basta começar a pedir o seu CPF nas notas fiscais das suas compras pelo estado!

Os créditos poderão ser utilizados de três formas: depósito dos créditos em conta corrente e/ou conta poupança de titularidade do usuário; conversão para créditos de celular; e abatimento do IPVA.

Deixe um comentário